Rio Doce x França

Desde ontem estou vendo comentários no facebook a respeito de pessoas se solidarizarem com o atentado na frança e a maioria deles negativos. A principal mensagem dos comentários é que os brasileiros deveriam olhar pelo brasil e não para os franceses, que a frança consegue se virar e não precisaria de toda essa atenção de nossa parte.

Cara, sinceramente, vão se fuder! não é uma questão de esquecer o próprio país, mas é um questão de ser humano. Ai vai ter aquele que vai dizer: ” ah… mas o que acontece no Brasil nem vai parar na mídia. Lá não, rapidinho vai ter pais tal ajudando, ajuda internacional. Aqui ninguém se mexe pra ajudar.” Concordo! mas do meu ponto de vista um país, cuja população só quer saber de ficar vendo gente pelada rebolando na televisão, futebol, o capitulo da novela, está bastante tranquilo com a sua própria situação.

É verdade que devemos culpar os políticos pela situação do nosso país? sim, é verdade, mas não só a eles! Quem fica sentado de braços cruzados também, mamando nas tetas do próprio país, é o seu povo. Brasileiro é preguiçoso, brasileiro é malandro, o famoso “jeitinho brasileiro” é que está custando a ruína do país. Aqui “dá-se jeito” pra tudo, ninguém conserta nada.

Na boa, um país assim, com um povo que só sabe mendigar esmolas e viver de gambiarra, eu não ia me preocupar em ajudar, é só mais gado para o abate! Como é que a mídia vai enxergar o Brasil um país de potêncial se seu povo mesmo não se enxerga?

Dá muito mais gosto ajudar uma pessoa que você vê que quer sair da lama não é?

Quanto a simpatizar com a dor do outro… isso é ser humano cambada de ignorantes. Como é que você quer que se sensibilizem por você, se você não se sensibiliza pelo outro? Não somos o povo mais generoso e acolhedor? Cadê essa característica? Nosso coração é tão pequeno e preconceituoso a ponto de só enxergar aquele que nasceu sobre o mesmo solo?

Na minha opnião é por causa dessa falta de cortesia, essa mesquinhez, que o Brasil está do jeito que está. Pouco a pouco nossa vida passou do lema: “coração de mãe: sempre cabe mais um” para ” cada um por si e que se foda o resto”.

Repararam que tudo hoje virou um campo de batalha de grupos? Não nos vemos mais como um povo, nos vemos como grupos que foram separados na aula e estão concorrendo por uma estrelinha dourada no final do bimestre.

Somos mais de 200 milhões de pessoas. Somos 200 milhões de brasileiros, não 10mil cearences ou 6 milhões de negros, 20 milhões de brancos, 30 mil Gays, 100 milhões de mulheres , 100 milhões de homens ( apenas os 200milhões confere com o censo ok?! o resto é exemplo). NÃO!!! pelo amor de Deus, Buda, Maomé, alá, Odin, Oxossi, pelo ódio de Lúcifer, quem mais vocês quiserem, ai fica a cabo de vocês, somos 200 MILHÕES  de brasileiros, foda-se se vc é XX ou XY ou XXX ou XXY. Somos 200 MILHÕES de brasileiros que ficam sentados coçando o saco esperando um punhado de gente, um grupinho, decidir nosso futuro, o que devemos ver, o que devemos estudar, o que devemos comer, como devemos nos vestir. A quem devemos atacar ou defender. No fundo somos preguiçosos! Mas mesmo sendo 200 MILHÕES ainda tem gente que acha que ceder um espacinho do nosso coração brasileiro a outros que compartilham nossa espécie (Homo sapiens sapiens) é absurdo! Vocês é que são absurdos!

Preferimos mil vezes julgar e criticar do que levantar do sofá, da cadeira do pc e ir lavar uma louça para nossa própria mãe, ou esposa, ou avó, ou marido, ou pai ou avô, quem dirá  levar uma garrafa d’água a um posto de coleta para um desconhecido!  “ah não, não preciso ir, vai ter um monte de gente fazendo isso!” não é caro colega brasileiro? E não duvido nada que essa frase será proferida por algumas das pessoas que estão criticando as que se sensibilizam com alguém que não comeu do mesmo pão que o português da padaria insiste em dizer que é francês.

Lembrem-se somos 200 milhões, tem muito pais ai que é um décimo da nossa população e são um exemplo, mas nós somos quase 200 milhões esperando o maná cair do céu ao invés de arregaçar nossas mangas e lutar pelo nosso próprio país.

Um país de faz com educação, saúde e esforço, não com competições esportivas. Não sejamos apenas 200MILHÕES só na hora de cantar o hino nacional e vestir a canarinho!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s